IDENTIDADE VISUAL: Você sabe o que é?

identidade visual - conceito e importância
08 fev, 2018 0

IDENTIDADE VISUAL: Saiba o que é e porque é importante ter uma

Toda empresa precisa ter uma identidade visual consistente, que passe para seus clientes e consumidores valores da marca, seja através de um serviço prestado ou produto vendido. Um dos maiores desafios de um designer é desenvolver uma identidade que transmita tudo que a empresa necessita.

Mas o que seria uma identidade visual? Um logotipo bonitinho? Um conjunto de materiais com o logotipo aplicado? Isso até pode fazer parte, mas vai muito além. A identidade é o que deixa a marca em contato direto com seus clientes, então deve ser muito bem desenvolvida. Você vai entender o que é identidade visual e sua importância.

 

Logotipo e identidade visual, tem diferença ?

Para começar devemos entender o que é logotipo. Quando pensamos em um produto ou serviço é a primeira imagem que vem na nossa cabeça, não dá pra falar em coca-cola e não pensar no vermelho com lettering. O logotipo é de extrema importância! Ele é a representação gráfica da “assinatura” de uma empresa. Pode ser apenas com tipografia, exemplos: Coca-Cola (de novo rsrs), Microsoft e Sony. E também pode ser a junção de tipografia ou caractere com um símbolo, exemplos: Toyota, Adidas, Motorola e LG.

Em grego, “logos” significa conceito, significado. Já “typos” significa símbolo ou figura.  Marca tem origem da palavra germânica “marka” e tem o mesmo significado do termo “logo”. Então não se confunda: Logotipo é o correto. “Logomarca” não tem nenhum sentido.

Continuando, identidade visual é o conjunto de elementos que representam visualmente o conceito de uma marca, nome, produto ou serviço através do logotipo, cores, grafismos, personagens e outros elementos. É o que fará sua marca ser reconhecida e lembrada pelo consumidor de forma mais ampla, não apenas no produto, mas em alguma propaganda que talvez a marca em si nem precise ser citada.

Exemplo de logotipo
Exemplo de logotipo

 

Entendendo o problema e desenvolvendo o projeto

Começando pelo briefing, que é essencial para uma boa identidade visual. E quando digo boa não é apenas ser bonita –  precisa ser funcional! O público-alvo da marca tem que olhar para a identidade e saber do que se trata.

Mas o desenvolvimento de uma boa identidade visual não se limita a ler o briefing, abrir seu editor gráfico e sair criando – isso está muito errado! Antes de tudo é necessário entender o problema do cliente. Design é solução, e não existe solução se não entender o problema.

Depois de entender qual é a necessidade do cliente é hora de pesquisar, sim, designer também pesquisa, e muito! Essa é a hora de pesquisar sobre o segmento do cliente, seus concorrentes, seus produtos/serviços, as tendências do mercado, etc. Uma boa pesquisa é o caminho inicial para um projeto atraente e funcional.

Problema entendido e pesquisa feita, é hora de colocar as ideias no papel. Nessa hora vale tudo, desde a ideia sem nexo nenhum até a mais empolgante, anote tudo! Mas tenha sempre em mente o problema inicial. Defina seu conceito e apresente ao cliente. Se quiser, também pode enviar um rascunho para aprovação.

Com o conceito definido e aprovado, é hora de dar forma ao projeto. É o momento de colocar o conhecimento teórico em prática: estudo de formas, gestalt, semântica, sintaxe e até psicologia. Nessa etapa também será feito um estudo de proporção, tipografia e cores, mas isso é assunto para outro post. 🙂

Depois de dar forma ao conceito é hora de aplicar ele em diferentes materiais como: cartão de visitas, folders, envelopes, pastas, papel timbrado, uniformes, outdoors, fachadas de lojas e em qualquer outro espaço que seja relevante para o cliente.

Cartão de visita do Campos Buffet
Exemplo de aplicação da logo em cartão de visitas.

 

A importância da identidade visual

Muitas empresas ignoram a importância de ter identidade visual desenvolvida e isso pode ser motivo de perdas. A identidade visual não é um gasto, e sim, um investimento que faz parte da gestão da marca. Até porque ela acompanha uma marca ou produto por longos anos. Não se engane. Nem sempre beleza é sinônimo de eficiência e vice-versa, por isso a qualidade da identidade visual é importante. O equilíbrio é o ideal para qualquer negócio.

Ir além do obvio, agregar valor a marca e entregar um resultado que supra  todas as necessidades da marca; tudo isso trabalhando lado a lado com cliente, afinal, ele é o principal interessado.

 

A função do manual de identidade visual

Para garantir que a identidade visual desenvolvida alcance o objetivo proposto através do conceito – definido após a pesquisa de mercado, será desenvolvido também o manual da identidade visual. Mas se a marca está pronta porque preciso dele? Resumidamente, serve para definir um conjunto de normas e diretrizes para aplicação dos elementos visuais, em uniformes, fachadas, papelaria, e outras aplicações.

O manual servirá de “guia” para o designer que for responsável por qualquer outro projeto que a marca fizer. Já que nem sempre o designer ou agência, que fez a identidade visual, será  responsável pelos projetos futuros. O manual faz com que os projetos futuros continuem alinhados com a identidade visual.

Entendemos então que logotipo faz parte da identidade visual, e que ela é muito importante na jornada de uma marca. A identidade é como o gatilho na memória do consumidor quando seu produto ou serviço é a solução para algum problema.

Ficou interessado? Quer receber mais dicas como essa, (re)posicionar sua marca e ficar por dentro do mundo do design? Se inscreva na nossa newsletter, ou como gostamos de chamar Pixletter, e receba com exclusividade materiais e artigos que irão ajudar alavancar seu negócio.

Fique a vontade para falar com a gente, dar uma sugestão ou tirar alguma dúvida.

Estamos também no

  • Facebook da Pixel Storm
  • Instagram da Pixel Storm

 

Autor Péricles Christian

Compartilhar nas redes sociais: