Escada do design: Onde sua empresa está?

pessoa subindo uma escada
22 fev, 2018 0

Você quer subir até o topo da escada do design, ou vai ficar acomodado no primeiro degrau?

Vou falar um pouco sobre a escada do design e se você sentiu uma pontinha de curiosidade, continue a leitura.

Geralmente quando ouvimos a palavra design, logo pensamos em forma mas como já falamos em outro post, ele é bem mais do que isso. Então eu pergunto:

 

Você está aproveitando tudo que o design tem a oferecer?

Até quem não entende muito do assunto pode perceber a diferença do design de empresa para empresa. Pensando nisso, o Centro de Design da Dinamarca (DDC), desenvolveu essa “escada”, que foi publicada no artigo “The Economic Effects of Design” da dinamarquesa “National Agency for Enterprise and Housing”,  para ilustrar que o uso do design corporativo pode ter características diferentes.

Essa escada do design ou “danish design ladder” pode ser uma ótima maneira de entender como as corporações estão usando o design e dar início a estratégias de crescimento com ele.

 

O valor do design

o design é muito mais valioso do que pode parecer, e para nós, assim como para maioria de outras empresas deste segmento, é fundamental explicar o seu valor. Sabia que é possível usar o design desde o planejamento estético até o planejamento estratégico?

É isso que mostra a escada do design, a maturidade do design em uma empresa, já que cada uma se encontra em uma degrau diferente. A escala faz com que nossa percepção do design vá além do visual, e então é possível perceber que ele pode ser utilizado para moldar serviços, estratégias e porque não, culturas empresariais?!

Veja abaixo um modelo da escada do design e entenda o porque de tal importância.

escada do design

Mas por que o design é uma ferramenta poderosa para criar sucesso?

O design é uma ferramenta crítica em todos os negócios onde você deseja alcançar seres humanos. Ele é um planejamento que se encontra diretamente com expectativas, motivações, emoções e  comportamentos humanos.

 

O que são os degraus?

 

Primeiro: Nenhum uso de Design

As empresas que estão neste degrau não fazem uso do design. Não há nenhum papel para o design na organização e nenhum setor ou agência trabalha em conjunto para providenciar melhorias ou uso de técnicas de planejamento. Preocupam-se muito pouco ou mesmo nada com as necessidades e os pontos de vista do usuário final.

 

Segundo:  Design como Estilo

Aqui o design é usado como acabamento ou detalhe gráfico, de maneira estética. Ele dá estilo ou forma. Seja através de seus produtos e serviços ou na comunicação com os clientes. Aqui design apenas deixa tudo mais lindo.

 

Terceiro: Design como Processo

Como você deve saber o design é uma maneira de planejar, neste degrau ele é usado como um método de trabalho, além de estar incorporado nos produtos finais.O Design Thinking, que é uma área que tem crescido bastante, como veremos em outro post, se encaixa perfeitamente nesse degrau, já que integra diversos processos de desenvolvimento.

 

Quarto: Design como Estratégia

O design usado como uma chave para  inovação e estratégia dentro da empresa. Nesta parte da escada ele é metodologia, filosofia e ferramenta essencial. Ele está desde o  desenvolvimento dos serviços e produtos, até a forma como a empresa se comporta e participa do mercado.

“O designer trabalha com os proprietários / gerentes da empresa para repensar o conceito de negócios completamente ou em parte. Aqui, o foco principal é o processo de design em relação às visões de negócios da empresa e às áreas de negócios desejadas e papel futuro na cadeia de valor “.( Danish Design Ladder)

 

Como lidar com a subida?

As agências de design precisam trabalhar cada degrau de forma diferente. No primeiro degrau, por exemplo, é necessário educar seu cliente para que ele tenha consciência da importância de futuros projetos.

No quarto, e as empresas que já estão nele com certeza tem muitos benefícios sobre as que não estão, existe toda uma cultura direcionada pelo design. Então elas desenvolvem métodos,soluções, seminários (internos e externos) e até alcançam um networking melhor. Tudo isso a partir de boas práticas implantadas pelo design. 

Todas as empresas precisam ser alimentadas com exemplos de boas práticas de design e inovação. As que já estão no quarto degrau podem ser exibidas como exemplos para os degraus anteriores.

 

Você está tirando o máximo proveito do Design?

Para desenvolver tal analogia, a DDC teve que fazer inúmeras pesquisas. Das conclusões, uma das mais relevantes foi: quanto mais alto o envolvimento da empresa com design (quanto mais alto na escada), mais alto o retorno financeiro do seu investimento.

Ao incorporar design a todo o processo, a empresa cresce. Através da escada do design, queremos mostrar um pouco da importância do design, na esperança que as pessoas corporações comecem adotar e utilizá-lo de diferentes maneiras. Explorando ao máximo tudo que ele pode oferecer.

 

o bom design torna os produtos e serviços uma combinação de funcionalidade, qualidade e criatividade.

 

Como sua empresa se comporta quanto o assunto é design?

Você está usando design para fazer seus produtos e serviços mais bonitos? Criar melhores experiências de clientes?

Grandes líderes usam o design de novas e poderosas maneiras,  transformando tudo com as inovações e funcionalidades que só o design pode trazer.

Gostou de saber essas coisinhas? Quer conversar com a gente e pensar em uma forma de subir os degraus?

Você pode mandar uma mensagem pra gente!

Ah, e não esqueça, se quiser receber mais conteúdos é só se cadastrar na nossa Newsletter, ou como gostamos de chamar Pixletter.

 

Fale com nossa equipe, dê uma sugestão ou tire alguma dúvida.

Estamos também no

  • Facebook da Pixel Storm
  • Instagram da Pixel Storm

 

Autora Jady Caroline

Compartilhar nas redes sociais: